Medjournal - Editora de Publicações Médicas Periódicas


 

 

 

   

Noticias nacionais e internacionais

 

A AEMV-UTAD vai realizar já nos próximos dias 27 e 28 de setembro de 2019 mais uma edição das “Jornadas Internacionais de Medicina Veterinária da UTAD” que tanto sucesso obteve nas últimas edições, tendo este ano com os temas "Clínica e Medicina de Conservação" na Sala de Animais Exóticos e Selvagens e “Geriatria” na Sala de Animais Pequenos.

------------------------------------------------------

Dez dicas para um verão relaxante e seguro com animais de estimação

 

O verão chegou e trouxe algumas questões que os tutores de animais de estimação devem planear, considerar e acautelar. Se é tempo de férias em família, é preciso decidir se vai viajar com o animal de estimação e escolher um alojamento “pet-friendly”, ou se vai deixar o gato ou o cão num hotel para animais de estimação ou com algum familiar ou amigo.

As temperaturas altas, típicas do verão, são um assunto que merece cuidados redobrados por parte dos tutores, para evitar riscos de saúde para os animais de estimação.

A Royal Canin partilha 10 cuidados a ter com os animais de estimação durante o verão para ajudar os tutores a ter um verão relaxante e seguro para toda a família:

 

1.   Se for viajar com o gato ou o cão de avião, autocarro, comboio ou barco, certifique-se de que a companhia aceita o transporte de animais e quais as condições. Garanta ainda que a saúde do animal está em dia: é obrigatório ter as vacinas e desparasitação, microchip e documentos atualizados dos quais o tutor se deve fazer acompanhar (passaporte do animal de companhia e boletim de vacinas);

2.       Procure o aconselhamento do médico veterinário para o ajudar a preparar o animal de estimação para a viagem. Os gatos e cães podem ser territoriais, por isso uma mudança para um novo ambiente pode gerar algum stress. Já durante a viagem, as caixas transportadoras ou cinto de segurança adaptado (no caso dos cães) são obrigatórios para manter a segurança do animal durante a viagem.

3.       Para evitar enjoos, promova um jejum de três a quatro horas antes da viagem. É importante não lhe dar de comer durante a viagem e que faça paragens frequentes para que possa beber água, em pequenas quantidades de cada vez.

4.       Em viagens de carro, mantenha o veículo fresco através do uso de ar condicionado e/ou vá abrindo as janelas de vez em quando para renovar o ar, mas não deixe o animal colocar a cabeça de fora, pois pode potenciar o aparecimento de problemas nos olhos e ouvidos do cão.  

5.       Evite as horas de maior calor, optando pelas primeiras horas da manhã e as horas do fim do dia ou início da noite para viajar ou dar passeios ao ar livre. Tenha também cuidado ao passear o seu cão em pavimentos de alcatrão, pois estes podem atingir uma temperatura tão elevada que por vezes chegam a lesionar as almofadinhas plantares das patas de forma severa e dolorosa.

6.       Para facilitar a digestão, a hidratação e a correta nutrição, opte por um esquema de alimentação mista, ou mixfeeding, através do intercalar ou combinar de alimento seco e alimento húmido, em fórmulas complementares e correspondentes à alimentação habitual do animal – que deve ser adaptada às suas características (espécie, raça, idade, peso) e necessidades (estilo de vida mais ou menos ativo, esterilização ou não e sensibilidades).

7.       Se nota que o animal tem falta de apetite, algo que pode ser comum no verão devido ao calor, outra boa forma de assegurar que se mantem bem nutrido e hidratado é dividir a quantidade diária de alimento por várias pequenas refeições, dadas de forma espaçada ao longo do dia, com esta medida facilitará também todo o processo digestivo.

8.       Não descure as rotinas de higiene do animal. Seja gato ou cão, especialmente se tiver pelo comprido, deve manter a rotina de escovagens semanais e dos banhos na frequência habitual, para ajudar a remover o pelo morto, que provoca mais calor, e manter a higiene da pele e pelagem. No caso dos cães de pelo comprido, pode ser necessário tosquiá-los para que não sintam tanto calor.

9.       Mantenha o seu animal de estimação em locais frescos e arejados, com água sempre disponível. Os animais praticamente não transpiram e as formas que têm de baixar a sua temperatura corporal quando sentem calor é pelo arfar, beber água ou por contacto direto com superfícies frias.

 

10.   Esteja atento aos golpes de calor. Os golpes de calor são subidas repentinas da temperatura corporal acima dos 42 graus que também afetam os animais de estimação. Se o animal desmaiar, vomitar ou parecer estar com falta de força após exposição ao calor, é muito importante procurar a ajuda urgente de um médico veterinário.  Mantenha-se calmo e tente baixar-lhe a temperatura corporal: fornecendo-lhe água, colocando toalhas frias no corpo (especialmente na zona da barriga e entre as pernas) ou pondo-o junto a uma ventoinha. 

---------------------------------------------------------

Bayer lança o Baycox® Iron Injection na Europa

A primeira associação injetável patenteada de toltrazuril mais gleptoferron disponível na Europa ajuda a proteger os leitões pré-desmame da coccidiose e da deficiência de ferro com menos manipulação e stress

 

A Bayer lança a suspensão injetável Baycox® Iron (toltrazuril 36,4 mg/ml mais gleptoferron 182 mg/ml) para leitões em toda a Europa, na sequência da autorização de introdução no mercado da Comissão Europeia.

O Baycox® Iron Injection é indicado para a prevenção dos sinais clínicos de coccidiose (tais como diarreia) em leitões recém-nascidos de explorações com histórico confirmado de coccidiose causada por Cystoisospora suis e para a prevenção de anemia por deficiência de ferro.

“Os leitões passam por um maneio intenso nos primeiros dias de vida. Embora este maneio tenha como objetivo proporcionar-lhes um melhor início de vida e protegê-los de doenças, também pode causar bastante stress. As medidas para reduzir a necessidade de maneio dos leitões podem ter um contributo importante na melhoria do bem-estar dos leitões no compartimento de parto”, afirmou a Professora Nicole Kemper, Diretora do Instituto de Higiene Animal, Bem-estar Animal e Comportamento Animal em Explorações, Universidade de Medicina Veterinária de Hannover, Alemanha.

A coccidiose e a deficiência de ferro nos leitões estão entre as principais preocupações de todos os profissionais da suinicultura.

“Uma terapêutica combinada que consiga resolver de forma eficaz estas preocupações minimizando o maneio pode fazer uma verdadeira diferença na saúde e no bem-estar dos suínos. Ao mesmo tempo, os produtores e os seus trabalhadores beneficiam de uma redução do trabalho. Por exemplo, numa exploração com 1000 porcas, estima-se que a redução da complexidade poupe até um dia de trabalho completo todos os meses.[1]

Temos o prazer de oferecer Baycox® Iron Injection aos profissionais da suinicultura de toda a Europa como uma opção cómoda e eficaz para melhorar ainda mais a saúde e a gestão dos suínos”, afirmou Octavio Orlovsky Eckhardt, Diretor de Marketing de Suínos na Unidade de Negócio de Saúde Animal da Bayer. 

Para obter mais informações sobre Baycox® Iron Injection, contacte o seu representante local da Saúde Animal da Bayer. 

 



[1] Cálculo baseado no pressuposto de 2,4 partos por porca por ano, 14 leitões nados-vivos por ninhada, 10 segundos para a aplicação de toltrazuril por via oral. 

 

---------------------------------------------------------

ECUPHAR lança CORTACARE 0,584 mg/ml

ECUPHAR comunica o lançamento do CORTACARE 0,584 mg/ml,

Trata-se de  Aceponato de hidrocortisona 0,584 mg, solução para pulverização cutânea, em cães.

Está indicado no Tratamento sintomático de Dermatoses inflamatórias e pruriginosas.

Contraindicações

 

Não aplicar em úlceras cutâneas

 

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Royal Canin oferece até dois anos de alimento grátis ao gato e ao cão mais fotogénicos de Portugal

 

A Royal Canin promove o concurso Gato e Cão do Verão, que este ano vai oferecer até dois anos de alimentação grátis ao gato e ao cão mais fotogénicos de Portugal. O concurso estará aberto até dia 31 de agosto e para participar os tutores só precisam de captar os seus animais de estimação a aproveitar o verão, publicar essa fotografia no Instagram com a hashtag #GatoeCãodoVerão19 e seguir a página de Instagram da Royal Canin Portugal.  

Se o seu gato ou cão é o rei do verão, o que mais aproveita os banhos de sol, os passeios na praia ou no campo, sempre com poses irresistíveis, esta é a sua oportunidade de o deixar brilhar e ainda ganhar alimento Royal Canin grátis para um ou dois anos.

Um júri determinará qual será o animal de estimação vencedor em cada categoria (gato e cão), comunicando os nomes dos vencedores a partir do dia 16 de setembro. Cada vencedor ganhará um ano de alimentação Royal Canin, podendo duplicar este prémio (para dois anos de alimento Royal Canin grátis) ao registar-se em My Royal Canin.

 

My Royal Canin é uma área privada para quem se preocupa com a alimentação e o bem-estar dos seus animais de estimação. Nesta área privada do website da marca, onde regista os seus animais de estimação, tem à sua disposição um programa de fidelização, promoções e recomendações de produtos.

 

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Eu cuido chega a mais de 11 mil alunos

Projeto dedicado a animais de companhia ensina crianças do 1º ciclo

 

O “Eu Cuido”, projeto educativo de sensibilização para as questões relacionadas com animais de companhia, já chegou a mais de 11 mil crianças do 1º ciclo, com o objetivo de contribuir para uma mudança de mentalidades desde a infância nesta área ao abordar questões relacionadas com a saúde, bem-estar, comportamentos e necessidades, nomeadamente, de cães e gatos.

Este projeto é composto por sessões lúdicas e interativas em sala de aula, conduzidas por um formador, que têm contado também com a presença de animais especiais como os cães-polícia das unidades cinotécnicas da Polícia de Segurança Pública (PSP) e da Guarda Nacional Republicana (GNR) de Lisboa e de Setúbal.

Resultante de uma parceria entre a Mars Iberia, Royal Canin, Ordem dos Psicólogos Portugueses, PSP e a GNR de Lisboa e de Setúbal, arrancou em novembro de 2017 e passou já por mais de 80 escolas em locais como Lisboa, Setúbal, Sintra, Porto, Leiria, Santarém, Cascais, Braga e Olhão.

“Desde o arranque do ‘Eu Cuido’ temos tido uma enorme aceitação junto da comunidade escolar e acreditamos que este possa ser o ponto de partida para criar uma sociedade futura consciente para o bem-estar animal, pelo impacto que têm diretamente junto das crianças e, consequentemente, junto das suas famílias. No ano letivo 2019/2020, queremos continuar a levar estas ações de sensibilização a mais locais do país”, detalha a coordenadora do projeto, Filipa Herédia.

A responsável explica que “tem sido muito importante o envolvimento dos nossos parceiros, nomeadamente das forças de segurança nacionais. Além da presença em sala de aula dos seus cães, contamos já com um conjunto de agentes da PSP e militares da GNR a quem demos formação para que possam fazer as sessões integrais nas escolas, sem que sejam necessários os nossos formadores voluntários”.

“Esta é uma iniciativa sem fins lucrativo e pretendemos que chegue a cada vez mais crianças, como tal, estamos abertos a contar com mais parceiros que se queiram juntar a nós tomando este projeto como seu e contribuindo para a missão comum: fazer do mundo um lugar melhor para os animais e para todos nós”, apela Filipa Herédia.

 

Mais informações em: www.eucuido.pt

 

 

 
 
 

 

Quatro razões para dar uma alimentação mista ao seu cão

©2013 copyright Medjournal - Editora de Publicações Médicas Periódicas
Lusodados - Criação de websites