Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade e o uso de cookies ACEITAR
Terça, 15 de Dezembro de 2020

Centro de Proteção Animal de Cascais apela a um Natal consciente: um animal não é um presente

No mês em que se celebra o Natal, a Associação São Francisco de Assis – Cascais (SFA Cascais), entidade participada pelo município e que tem como objetivo proteger os animais de companhia, abandonados ou perdidos, lança campanha de adoção responsável.

Com a criatividade da agência “NOSSA” e a produção e realização da “Bom da Fita”, a Associação apela à ponderação na adoção de animais de companhia, especialmente na quadra natalícia, nas redes sociais, através de um vídeo, e nas ruas do Município de Cascais.

“A adoção de um animal de companhia é uma decisão que requer reflexão e implica o envolvimento de toda a família que irá passar a ter mais um elemento”, explica João Salgado, Vice-Presidente Executivo da Associação. “Não nos devemos nunca esquecer que, tal como nós, os animais sentem fome, frio e também sentem quando são abandonados ou rejeitados. Devemos pensar bem acerca das implicações inerentes ao acolhimento de um animal no seio familiar, porque ao contrário de muitos outros presentes, que ficam esquecidos ou são postos de lado sem qualquer consequência, o abandono e os maus tratos a animais de companhia são crimes puníveis por lei que devemos evitar a todo o custo”, conclui o Vice-Presidente.

Sobre a SFA Cascais

A Associação São Francisco de Assis - Cascais, nasce da transformação da Fundação São Francisco de Assis, constituída em Agosto de 1997, numa associação sem fins lucrativos a 04 de Fevereiro de 2015. Atua na proteção dos animais de companhia, abandonados ou perdidos, do Concelho de Cascais. Atualmente, a Associação conta já com 8.100 animais resgatados, cerca 6.000 esterilizações efetuadas e 6.900 adoções realizadas, com uma taxa de sucesso superior a 90%, forte indicador de sucesso da adoção responsável.

Todos os animais são observados pelo Corpo Clínico, sujeitos a um período de quarentena, tratados e depois de estarem fisicamente aptos, esterilizados, vacinados, “chipados”, são colocados no sistema de adoção, através de uma ampla divulgação.

Com o objetivo de apoiar a atividade da instituição, foi criado um Centro Médico-Veterinário, destinado exclusivamente aos animais residentes e a todos os que são adotados na SFA Cascais, bem como um Pet Crematorium (um equipamento que permite garantir a máxima dignidade aos animais até ao último momento) e de um ponto de comercialização de rações animais, onde é possível adquirir produtos de qualidade a preços altamente competitivos.

www.sfacascais.pt