Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade e o uso de cookies ACEITAR
Sexta, 19 de Maio de 2023

A clínica Qorpo chegou à APDP para tratar a obesidade e ajudar a uma gestão saudável de peso “com evidência e empatia”

A Associação Protectora dos Diabéticos de Portugal (APDP) acaba de anunciar a abertura da clínica Qorpo na sua sede. A nova clínica presta um serviço exclusivo a todos os que procuram um programa de gestão de peso personalizado. A propósito do Dia Nacional de Luta Contra a Obesidade, assinalado a 20 de maio, a APDP reforça o compromisso de oferecer um serviço diferenciador nas várias doenças diretamente relacionadas com a diabetes.

“A Qorpo nasce da vontade da APDP em oferecer um serviço diferenciador para todos aqueles que procuram, por um lado, perder peso e, por outro, manter um peso saudável a longo prazo.”, explica Carolina Neves, endocrinologista e diretora clínica da Qorpo.

A missão da clínica Qorpo passa por promover o peso saudável em benefício da melhoria da qualidade de vida e do bem-estar físico e psicológico. “O nosso foco é a saúde da pessoa e garantir que a perda de peso promove a redução de risco de várias doenças associadas ao excesso de peso e à obesidade.”, acrescenta.

A adoção de mudanças comportamentais é fundamental, mas, como ato isolado, não é suficiente. A clínica aposta numa lógica de acompanhamento multidisciplinar, integrado e continuado, que, juntamente com as respostas atualmente existentes nesta área, podem fazer toda a diferença na vida de quem necessita de ajuda na gestão do peso.

“Durante décadas, apenas existiram duas opções de tratamento do excesso de peso e da obesidade: a intervenção comportamental, com o tratamento nutricional e dietas de redução calórica, associadas à atividade física, e a cirurgia (bariátrica ou metabólica).”, explica a endocrinologista, acrescentando: “Vivemos agora um tempo de mudança no que diz respeito às respostas farmacológicas e há que aproveitar isso para que, aliado ao acompanhamento multidisciplinar e à mudança comportamental, consigamos prestar o melhor apoio possível a quem procura mudar de vida”.

A Qorpo pratica medicina baseada em evidência, aliada à empatia e à prática da medicina humanizada, dispondo de uma equipa multidisciplinar com uma vasta experiência em doenças crónicas, em particular a diabetes. Conta com especialistas nas áreas de endocrinologia, pediatria, nutrição, psicologia, enfermagem e, em breve, fisiologia do exercício.

“Perder peso é muito mais do que uma questão estética. É uma atitude de prevenção relativamente a várias doenças. As pessoas que vivem com excesso de peso e obesidade são muitas vezes culpabilizadas pela sua condição. Temos de mudar esta perspetiva, pois as pessoas não têm necessariamente culpa do excesso de peso que têm.”, remata a médica.

Segundo os dados recentemente divulgados pela Federação Mundial de Obesidade, estima-se que, em 2035, 51% da população mundial, ou quatro mil milhões de pessoas, terá excesso de peso ou obesidade se a prevenção e o tratamento não forem priorizados. Em Portugal, já existem cerca de 2 milhões de pessoas adultas com obesidade, um valor que aumenta para 67,6% da população portuguesa quando somadas as pessoas com excesso de peso.

Para saber mais, visite o Facebook e Instagram da clínica Qorpo.