Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade e o uso de cookies ACEITAR

Terça, 10 de Novembro de 2020

APDP destaca papel dos enfermeiros no cuidar e apoiar as pessoas com diabetes

A propósito do Dia Mundial da Diabetes, que se assinala a 14 de novembro, em conjunto com a International Diabetes Federation (IDF), a Associação Protetora dos Diabéticos de Portugal (APDP) destaca a importância do papel dos enfermeiros na prestação de cuidados de saúde, principalmente agora neste período que se revela de grande necessidade de apoio e de confiança.

Cuidar na diabetes já é, por si, um desafio para os enfermeiros e é sabido que as pessoas com diabetes fazem parte dos grupos de risco de complicações em caso de infeção pelo vírus SARS-CoV-2, o que aumenta a complexidade do tratamento e maior necessidade de acesso aos cuidados e à informação. As pessoas com diabetes, para correrem menos riscos, necessitam de assegurar um bom controlo da doença. Com a nova evolução dos casos associados à COVID-19, é urgente encontrar soluções para que às pessoas com diabetes não falte um acompanhamento continuado.

“As pessoas com diabetes não podem ficar esquecidas, precisam de ser apoiadas para conseguirem uma boa compensação da sua diabetes e assim evitar complicações em caso de infeção pelo novo coronavírus. Neste momento, mais do que assinalar uma efeméride, temos de garantir que todas as pessoas com diabetes estão salvaguardadas. Os enfermeiros desempenham aqui um papel fundamental, pois são o paradigma do apoiar, do cuidar e da educação terapêutica.”, afirma José Manuel Boavida, presidente da APDP.

A associação esclarece que na diabetes, a educação e a prestação de cuidados de saúde são indissociáveis e, que neste momento, é necessário a existência de uma rede de apoio de proximidade e de fácil acesso. Recorde-se que a APDP, com a declaração do primeiro estado de emergência, criou uma linha de apoio telefónico (213816161) à qual todas as pessoas com diabetes podem recorrer para esclarecimentos e orientações. Esta linha é assegurada por enfermeiros especialistas da APDP.

2020 foi reconhecido pela Organização Mundial da Saúde como o ano internacional dos enfermeiros, devido à importância da profissão. Lurdes Serrabulho, coordenadora de Enfermagem e Formação da APDP, menciona que “os enfermeiros representam 59% dos profissionais de saúde em todo o mundo e têm estado na linha da frente na luta contra a pandemia da COVID-19. Os enfermeiros desempenham um papel fundamental nos cuidados, no apoio, na educação, na relação terapêutica e na capacitação da pessoa com diabetes, como agentes facilitadores de mudanças de comportamento e adoção de estilos de vida saudável, especialmente durante este período”.

Sobre a diabetes:

Em Portugal estima-se que a diabetes afete 13,3% da população com idades entre os 20-79 anos, das quais 44% desconhecem ter a doença. Diariamente são diagnosticados com diabetes em Portugal cerca de 200 novos doentes. Estima-se que a diabetes afete mais de 1 milhão de portugueses enquanto a «pré-diabetes» afetará cerca de 2 milhões.

Sobre a APDP

Fundada em 1926, a APDP é a associação de pessoas com diabetes mais antiga do mundo. Com cerca de 15 mil associados, desenvolve a sua atividade na luta contra a diabetes e no apoio à pessoa com esta doença, tendo sempre como meta a integração das pessoas com diabetes enquanto elementos ativos na sociedade. A APDP tem sido pioneira na prevenção, na educação e no acompanhamento personalizado. Conhecer melhor a doença e explorar novas formas de tratamento são os seus principais objetivos, a par da criação de estruturas capazes de dar resposta aos diversos problemas que envolvem a diabetes.

www.apdp.pt