Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade e o uso de cookies ACEITAR
Quarta, 23 de Setembro de 2020

Intuitiva, integrada e eficiente – Philips apresenta Azurion, a plataforma de terapia guiada por imagem de última geração

  • Novo nível de integração entre aplicações de imagem, fisiologia, hemodinâmica e informática
  • SmartCT orienta a aquisição de imagens 3D semelhantes a TC e fornece ferramentas de visualização e medição
  • Maior eficiência e flexibilidade com acesso no painel lateral com mais opções e controlo intuitivo do painel de apoio

Royal Philips (NYSE: PHG, AEX: PHIA), líder mundial em tecnologia de saúde, anunciou hoje o lançamento da sua plataforma de terapia guiada por imagem Philips Azurion, que representa um passo importante na otimização do desempenho clínico e operacional a nível das salas de intervenção e a expansão das intervenções guiadas por imagem no tratamento de pacientes. Intuitiva, integrada e eficiente, a Azurion de última geração aperfeiçoa os recursos da plataforma para melhorar a qualidade e a eficiência dos procedimentos de intervenção. A plataforma Azurion já alcançou uma rápida adoção global e já foi utilizada em mais de dois milhões de procedimentos [1] em todo o mundo desde a sua introdução, há três anos.

Nas últimas décadas, as práticas clínicas em todo o mundo evoluíram para tratar com sucesso um maior número de pacientes e realizar procedimentos mais complexos em salas de intervenção. No entanto, com equipas maiores e mais tecnologias envolvidas durante estes procedimentos, as salas de intervenção podem ficar assoberbadas, o que prejudica a sua organização. Para aumentar a concentração e o controlo durante os procedimentos, a Philips integrou todos os sistemas e ferramentas essenciais da sala de intervenção nesta nova versão da plataforma Azurion, dando assim um passo importante na integração da sala.

Pioneira no setor, a plataforma de terapia guiada por imagem Philips Azurion integra agora controlo de aplicações de imagem, fisiologia, hemodinâmica e informática, bem como controlo intuitivo do painel de apoio, permitindo que os médicos controlem todos as aplicações compatíveis com um único toque no ecrã durante a execução de procedimentos. Isto poderá eliminar a necessidade de os médicos irem para uma sala de controle adjacente, além de permitir uma tomada de decisão mais rápida e bem informada.

Simplificar imagens 3D durante procedimentos de intervenção

Com esta plataforma Azurion de última geração, a Philips introduz também uma nova solução de imagem 3D chamada SmartCT [2]. Com a SmartCT, os utilizadores são guiados pelas imagens e podem rever e interagir com imagens 3D semelhantes às da tomografia computadorizada disponibilizadas no ecrã touch de apoio, utilizando ferramentas de visualização e medição 3D. Estas ferramentas foram desenhadas para apoiar procedimentos em diversos domínios clínicos, incluindo neurologia, oncologia e procedimentos cardiovasculares. O uso de imagens 3D, como 3D RA ou Cone Beam CT durante procedimentos e intervenções, já deu provas de melhorar os resultados [3] e reduzir a dose de radiação tanto para a equipa médica como para os doentes [4].

“O nosso objetivo enquanto empresa inovadora e líder do mercado mundial em terapia guiada por imagem é ultrapassar os limites e definir novos padrões na indústria para oferecer uma experiência excecional aos médicos, ajudando-os a prestar um melhor atendimento a cada paciente”, afirma Ronald Tabaksblat, Diretor Geral da Philips para a área de Sistemas de Terapia por Imagem Guiada. “A Azurion de última geração torna os procedimentos cardiovasculares de rotina mais eficientes e apoia o desenvolvimento de novas técnicas minimamente invasivas para tratar doenças complexas como o acidente vascular cerebral, cancro de pulmão e problemas de coluna”.

"A plataforma integrada permite-nos realizar intervenções complexas de forma eficiente e em qualquer momento, usando uma ampla gama de funções, como IVUS e co-registo iFR", afirmou Alexander Becker, Diretor do Laboratório de Cateterização Cardíaca no Hospital Robert Bosch em Estugarda, Alemanha e um dos primeiros hospitais a experimentar a nova plataforma. “O uso do painel de controlo pelo médico examinador é intuitivo, combinando diferentes fontes de informação para tornar a avaliação do paciente muito mais fácil e rápida.”

Controlo e ritmo de trabalho contínuos durante os procedimentos

Com a nova plataforma Azurion, os médicos podem alternar facilmente entre aplicações de imagem, fisiologia, hemodinâmica e informática, incluindo SmartCT e IntraSight - um conjunto abrangente de modalidades de iFR, FFR, IVUS e co-registo clinicamente comprovadas. O controlo de posição totalmente automático permite que os médicos controlem intuitivamente a posição do painel e da mesa e também escolher uma ampla gama de parâmetros armazenados. O novo Azurion também inclui recursos avançados de cibersegurança, novos recursos de exibição de imagens em alta definição e serviços remotos avançados e proativos. A plataforma está disponível em três versões: complementando as variantes Azurion 3 e 7, a Philips agora também oferece o Azurion 5 para facilitar ainda mais soluções à medida para responder às necessidades específicas dos clientes. Para obter mais informações, visite www.philips.com/azurion.

[1] Baseado no caso interno da Philips e nos dados das intervenções.

[2] SmartCT 510 (k) está pendente e não está disponível para venda nos EUA.

[3] Miyayama et al., ‘Comparison of local control in transcatheter arterial chemoembolization of hepatocellular carcinoma ≤6 cm with or without intraprocedural monitoring of the embolized area using cone beam computed tomography’, CVIR 2014.

[4] Schott et al., ‘Radiation dose in prostatic artery embolization using Cone Beam CT and 3D roadmap software, JVIR 2019.