Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade e o uso de cookies ACEITAR

José Manuel Boavida renova mandato como presidente da Associação Protectora dos Diabéticos de Portugal

José Manuel Boavida foi reeleito para a presidência da Associação Protectora dos Diabéticos de Portugal (APDP), para o próximo quadriénio 2021-2024, ao vencer as eleições da passada quinta-feira (dia 25 de março). Os corpos gerentes foram eleitos em Assembleia Geral e a tomada de posse teve lugar no próprio dia.

“É com muito sentido da responsabilidade que a atual direção da APDP reeleita, agradece o apoio claro dos associados. É uma honra poder continuar a servir esta nobre causa. Pretendemos dar continuidade ao trabalho desenvolvido ao longo dos 95 anos de existência na defesa dos direitos das pessoas com diabetes e na sensibilização da comunidade para todas as dimensões que envolvem esta doença”, afirma José Manuel Boavida, presidente da APDP.

A direção reeleita integra ainda João Raposo, como Diretor Clínico, Maria Antónia Almeida Santos, Horácio da Silva Negrão, Lurdes Serrabulho, Teresa Laginha e Paula Macedo.

A continuação da defesa de todas as pessoas com diabetes e da sua integração na sociedade, o desenvolvimento dos Serviços de Apoio Domiciliário e de telemedicina, os programas de educação terapêutica e a participação na estratégia de controlo e combate à COVID-19 e suas consequências são alguns dos princípios orientadores definidos pela direção agora reeleita.

Para João Filipe Raposo “os próximos quatro anos trazem muitos desafios. O impacto que a pandemia da COVID-19 está a ter nas pessoas com diabetes, muitas vezes resultantes da interrupção dos cuidados de saúde, exigirá um esforço ainda mais acrescido de acompanhamento atento e próximo por parte da APDP. Retomar rastreios, retomar programas na comunidade, retomar os cuidados presenciais, dinamizar a intervenção nos bairros e comunidades, são eixos fulcrais na resposta à pandemia da diabetes. Não só esta não deixou de existir como se acentuou e provavelmente se agravou durante a pandemia do COVID-19.”

O antigo Procurador-Geral da República, Conselheiro José Narciso Cunha Rodrigues, é o presidente da Assembleia Geral e o Conselheiro Alfredo Sousa, ex-Presidente do Tribunal de Contas e antigo Provedor de Justiça é o Presidente da Comissão de Fiscalização.