Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade e o uso de cookies ACEITAR
Segunda, 13 de Fevereiro de 2023

CHUC |CRI de Psiquiatria lidera projeto no âmbito da educação de adultos

O Projeto SURE (Skills for Unimputable Social Rehab) é um projeto do Centro de Responsabilidade Integrada (CRI) de Psiquiatria do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) que está enquadrado no Programa Erasmus+, nomeadamente no âmbito da Educação de Adultos, e pretende promover para pessoas inimputáveis, o desenvolvimento de competências pessoais, sociais, de integração cívica e cidadã.

Pedro Renca, Enfermeiro Especialista em Saúde Mental e Psiquiatria do CHUC tem a Coordenação Técnica do projeto e dá nota de que “o projeto SURE teve início em dezembro de 2022, tem a duração de 16 meses, assumindo o CHUC o papel de líder na parceria com a instituição Parc Sanitari San Joan de Deu (PSSJD) em Espanha pretendendo-se, deste modo, transformar as competências comportamentais e sociais desenvolvidas no processo de reabilitação de cada instituição envolvida em competências técnicas e proporcionar a sua utilização pelos restantes técnicos envolvidos.

Ana Dias, Administradora Hospitalar e elemento da coordenação geral[i], prossegue referindo que se trata de um “projeto que tem por base três eixos fundamentais: apoiar a inserção social e cidadania da pessoa inimputável utilizando estratégias educativas e formação não formal; facilitar o uso corrente de meios de comunicação digitais e adotar e reforçar comportamentos de sustentabilidade ambiental. Com este projeto pretende-se gerar oportunidades para os doentes inimputáveis desenvolverem competências pessoais, sociais, consciência moral e ética, com vista à re(habilitação e reintegração social com a participação ativa na sociedade, contribuindo para as prioridades “Inclusão Social”, “Valores Comuns e Participação Cívica”, “Percursos de Melhoria de Competências” e abordagem dos tópicos Desenvolvimento de Competências Chave”, “Competências Digitais” e “Ambiente e Alterações Climáticas”. É também desígnio deste projeto iniciarmos um processo de colaboração internacional tendo em vista elaborar um Plano de Educação Não Formal que será a base da criação de uma metodologia comum de estratégias educativas para o treino de competências em doentes inimputáveis, a ser desenvolvida em futura colaboração entre estas e outras partes em Programa ERASMUS+.”

Eleonora Santos, Terapeuta Ocupacional, explica que “os grupos alvo do Projeto SURE são: a) os aprendentes que em simultâneo reúnam os seguintes critérios: 1) Pessoas adultas; 2) Pessoas em regime hospitalar psiquiátrico; 3) Pessoas em regime penitenciário ou não, mas com a classificação de doentes inimputáveis; 4) Pessoas sujeitas a treino de competências pessoais, sociais, de integração cívica e de desenvolvimento de consciência moral e ética; b) Beneficiários diretos do Projeto os técnicos que trabalhem com o grupo-alvo, nomeadamente Educadores Sociais, Terapeutas Ocupacionais, Psicólogos e Enfermeiros e as organizações participantes do projeto; c) Beneficiários indiretos os técnicos e as pessoas que queiram seguir e aplicar as práticas desenvolvidas pelo Projeto. Deste modo, irão desenvolver-se ações para incrementar e reforçar competências pessoais, usar meios de comunicação digitais, ter consciência ambiental e apoiar a inserção social e cidadania da pessoa inimputável, elaborar um Guião para um Plano de Educação Não Formal para pessoas inimputáveis, realizando diversas reuniões de coordenação e técnicas de intercâmbio institucional, assim como diversas ações de disseminação do projeto junto da instituição e comunidade regional. “

O Enfermeiro gestor em funções de direção, Fernando Gomes, refere que “no final da implementação do projeto, esperam-se resultados sobretudo a dois níveis: 1. a nível individual, reforço das competências das pessoas inimputáveis, promovendo a sua inserção social, o seu equilíbrio emocional e a sua saúde, dando-lhes oportunidade para evoluírem em temas digitais e ambientais. 2. A nível grupal / regional, apoiar o desenvolvimento e a integração dos grupos inimputáveis, para consolidação dos valores democráticos, a inclusão e a igualdade, em todas as regiões da União Europeia, desenvolvendo metodologias de educação não formal, sustentáveis, reforçando a transição digital e climática. “

A identidade visual do Projeto SURE[ii] é composta pelas designações escritas em conjunto com o símbolo. A imagem nasce da convergência dos significados da capacitação e criação de habilidades, e também pela preocupação ambiental (círculos sinónimo de capacitação e criação de habilidades, a cor verde símbolo da preocupação ambiental).

[i] No CHUC, o Projeto tem a coordenação geral da Direção do CRI de Psiquiatria CHUC- (Horácio Firmino, médico Psiquiatra, Ana Dias, Administradora Hospitalar e Fernando Gomes, Enfº Gestor em funções de Direção) e a Coordenação Técnica de Pedro Renca, Enfº Especialista em Saúde Mental e Psiquiatria.