Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade e o uso de cookies ACEITAR

Migraine (What can’t you see?): da música ao videoclip, Rita Red Shoes ilustra os desafios diários de quem vive com enxaqueca

A Sociedade Portuguesa de Cefaleias (SPC) e a MiGRA Portugal – Associação de Doentes com Enxaqueca e Cefaleias desafiaram a cantora Rita Red Shoes e a Unlimited Content, a desenvolverem o videoclip da música Migraine, já lançado nas plataformas. Uma iniciativa que procura alertar para o verdadeiro impacto da enxaqueca, ilustrando os desafios diários de quem vive com esta doença.

“A enxaqueca é uma doença que afeta cerca de um em cada sete portugueses e pode ser altamente incapacitante a nível pessoal e profissional. Foi para nós muito importante poder contar com o apoio e empenho da Rita Red Shoes (a quem muito agradecemos) na divulgação deste tema, que relata tão bem como é viver com enxaqueca, não só pela letra, mas agora também pelo videoclip que dá a conhecer esta realidade. Ficámos muito satisfeitos com o resultado!”, afirma Elsa Parreira, presidente da Sociedade Portuguesa de Cefaleias.

A música, composta por Rita Red Shoes, com letra de Raquel Gil Gouveia, membro da SPC, alerta para o sofrimento das pessoas durante a crise de enxaqueca e para as consequências que esta patologia, muitas vezes desvalorizada, acarreta para quem dela sofre. Lançada a nível mundial em 2019, ganha agora novos contornos com um videoclip interpretado pela própria Rita e realizado pela Unlimited Content, e que demonstra com recursos visuais o que é viver com enxaqueca.

“Os doentes com enxaqueca são, muitas vezes, incompreendidos e é importante perceber que a enxaqueca é uma doença neurológica que tem um elevado impacto nas suas vidas e que necessita de tratamento. O lançamento, tanto desta música como agora do videoclip, vem dar uma maior visibilidade ao que realmente é sentido pelos doentes com enxaqueca e aos desafios que enfrentam. Pela interpretação da Rita Redshoes, conseguimos perceber o que os doentes sentem quando surge uma crise repentina, que nos rouba o nosso tempo e nos altera os nossos planos. Mas esta música, consegue também transmitir as dificuldades dos doentes em planear algo ou dar apoio à família, uma vez que sabem que a qualquer momento pode surgir uma crise que não lhes permitirá fazê-lo. Esperamos que este videoclip possa contribuir para uma maior compreensão dos familiares, amigos, colegas de trabalho e da sociedade no geral para com os doentes, tanto durante as crises de enxaqueca como nos seus desafios diários.””, explica Madalena Plácido, presidente da MiGRA Portugal.

Este videoclip estará disponível no canal de Youtube da Rita Red Shoes e da MiGRA Portugal e ainda no Twiitter da SPC.