Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade e o uso de cookies ACEITAR
Quarta, 03 de Fevereiro de 2021

A Takeda anunciou resultados positivos de mobocertinib para tratamento em doentes com CPNPC metastático com Mutações de Inserção no exão 20 do EGFR que tinham recebido tratamento prévio com quimioterapia à base de platina

  • Mobocertinib, uma terapêutica-alvo oral, demonstrou respostas clínicas significativas, com uma taxa de resposta confirmada de 35% avaliada pelo investigador e 28% avaliada por um Comité Independente de Revisão (CIR)
  • As respostas demonstradas com mobocertinib foram duradouras, com uma duração mediana de resposta de 17,5 meses avaliado pelo CIR
  • Os resultados representam um progresso encorajador para a população de doentes para os quais não existem terapêuticas dirigidas aprovadas

A Takeda anunciou novos dados do ensaio clínico de fase 1/2 de mobocertinib (TAK-788), uma terapêutica oral para o tratamento de doentes com cancro do pulmão de não pequenas células (CPNPC) metastático com mutações de inserção no exão 20 do recetor do fator de crescimento epidérmico (EGFR) que tinham recebido tratamento prévio, numa comunicação oral apresentada na Conferência Mundial de Cancro do Pulmão da International Association for the Study of Lung Cancer (IASLC) 2020.

“Os resultados mostram que mobocertinib demonstrou respostas clínicas significativas e uma taxa de resposta considerável no tratamento de doentes com cancro do pulmão de não pequenas células (CPNPC) metastático com mutações de inserção no exão 20 do EGFR, que tinham recebido tratamento prévio de quimioterapia à base de platina,” afirmou Pasi A. Jänne, M.D., Ph.D., Dana-Farber Cancer Institute. “Estes dados são promissores e demonstram maior evidência do mobocertinib como tratamento oral nestes doentes que precisam de opções de tratamento eficazes.”

Sobre Mobocertinib (TAK-788)

Mobocertinib, é um potente inibidor oral da tirosina cinase (TKI) especificamente desenhado para as mutações de inserção no exão 20 do recetor do fator de crescimento epidérmico (EGFR). Em Abril de 2020 a Food and Drug Administration (FDA) dos EUA atribuiu a Designação de Terapia Inovadora ao medicamento experimental mobocertinib (TAK-788) para o tratamento de doentes com cancro do pulmão de não pequenas células (CPNPC) metastático com mutações de inserção no exão 20 do EGFR, cuja doença progrediu durante ou após quimioterapia à base de platina.

Para mais informações por favor consulte o comunicado de imprensa completo Takeda Presents Positive Results for Mobocertinib in Patients with EGFR Exon20 Insertion+ mNSCLC who Received Prior Platinum-Based Chemotherapy