Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade e o uso de cookies ACEITAR
Terça, 22 de Setembro de 2020

GSK lança campanha de sensibilização para a prevenção da Meningite Meningocócica

A GSK lança, esta semana, uma nova campanha de informação e sensibilização sobre os perigos da Meningite Meningocócica e a importância da vacinação, enquanto forma de prevenção da mesma. A iniciativa – designada “Por uma vida inteira pela frente” – é dirigida à população em geral e será veiculada nos media tradicionais e digitais.

Focada em diferentes faixas etárias, o objetivo é que seja um ponto de partida para os pais procurarem mais informação sobre o problema e aconselhamento junto dos profissionais de saúde. No website da campanha “Por uma vida inteira pela frente” é possível encontrar informação sobre a doença e alternativas para a sua prevenção.

“Enquanto ator ativo do setor da saúde, acreditamos que a informação clara e transparente é a melhor forma da população tomar decisões conscientes e fundamentadas sobre a sua saúde e bem-estar. Assim, estamos convictos que esta iniciativa será um contributo importante para o esclarecimento e melhor capacitação da sociedade relativamente a um tema tão pertinente e relevante nos tempos que correm. Esta campanha serve, também, para homenagear e celebrar o 55.º aniversário do Programa Nacional de Vacinação, que se assinala a 4 de outubro, recentemente enriquecido com a inclusão de novas vacinas”, refere o Dr. Eduardo de Gomensoro, Diretor Médico de Vacinas da GSK Portugal.

A doença meningocócica é causada pela bactéria Neisseria Meningitidis, sendo as apresentações clínicas mais comuns a Meningite e/ou a infeção da corrente sanguínea, conhecida como Septicémia1. Anualmente, são registados em Portugal casos em todas as faixas etárias2. Um em cada quatro adolescentes podem ser portadores assintomáticos da bactéria Neisseria Meningitidis, tornando-se, assim, potenciais transmissores da mesma para as restantes pessoas3. A Meningite Meningocócica apresenta sintomas iniciais pouco específicos, semelhantes a uma gripe, o que pode motivar uma procura mais tardia de assistência médica, atrasando o diagnóstico e, consequentemente, o início do tratamento, com consequências, por vezes, irreversíveis.4

Sobre a GSK

A GSK é uma multinacional farmacêutica, impulsionada pela ciência e inovação, com um propósito especial: ajudar as pessoas a fazerem mais, sentirem-se melhor e viverem mais tempo. Com uma história que começou há 300 anos atrás, a GSK emprega mais de 100 pessoas em Portugal na área farmacêutica. A sua ambição é ser uma das empresas farmacêuticas mais inovadoras, com melhor performance e de maior confiança do mundo. Para saber mais: www.gsk.pt

Referências:

  1. Centers for Disease Control and Prevention. Meningococcal Disease. Disponível em: https://www.cdc.gov/meningococcal/index.html. Consultado a: setembro 2020
  2. Simões MJ. Doença Meningocócica Invasiva em Portugal: vigilância epidemiológica (2003 a 2018). INSA, 2019. Disponível em: http://repositorio.insa.pt/bitstream/10400.18/6423/1/DIM%20em%20Pt_atualizado.pdf. Consultado a: setembro 2020
  3. Christensen H, May M, Bowen L, et al. Meningococcal carriage by age: a systematic review and meta-analysis. Lancet Infect Dis. 2010;10(12):853-8611
  4. Thompson MJ, et al. Lancet 2006; 367(9508): 397–403