Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade e o uso de cookies ACEITAR
Segunda, 14 de Setembro de 2020

MYOS e Ares do Pinhal juntam-se ao Movimento Doentes pela Vacinação

A MYOS – Associação Nacional Contra a Fibromialgia e Síndrome de Fadiga Crónica e a Associação Ares do Pinhal são os mais recentes membros do Movimento Doentes pela Vacinação (MOVA). O MOVA conta agora com 13 membros e espera, com estas duas entradas, chegar a uma importante parte da população: quem sofre de Fibromialgia e Síndrome de Fadiga Crónica e pessoas em situação de exclusão social e dependências.

Mesmo entre os grupos de risco e alto risco, são ainda poucos os que estão vacinados contra a Pneumonia e outras doenças graves. A entrada de novos membros como a MYOS ou a Associação Ares de Pinhal é um contributo fundamental para inverter esta tendência. Sensibilizar a população e os profissionais de saúde, a par dos decisores políticos, para a importância da vacinação na idade adulta é um dos principais objetivos do MOVA.

Recordamos que existe uma norma da Direção-Geral da Saúde que recomenda a vacinação antipneumocócica a todos os adultos (idades superiores a 18 anos) pertencentes aos grupos de risco. A vacina já é gratuita para as crianças e alguns grupos de risco, para quem está em PNV, mas a sua eficácia está comprovada em todas as faixas etárias. Uma das missões do MOVA é, também, o apelo para que se estenda essa gratuitidade para quem se encontra mais frágil, seja pela idade, pelas patologias de que padece ou por circunstâncias que levem a dependências ou situações de exclusão social.

Fundado há pouco mais de três anos, o Movimento Doentes pela Vacinação conta atualmente com 13 membros: Respira, Fundação Portuguesa do Pulmão, GRESP – Grupo de Estudos de Doenças Respiratórias da APMGF, Liga Portuguesa Contra a Sida, Associação Portuguesa de Asmáticos, Associação Portuguesa de Insuficientes Renais, Federação Portuguesa das Associações de Pessoas com Diabetes, Liga Portuguesa Contra o Cancro, Associação de Apoio aos Doentes com Insuficiência Cardíaca, Associação Portuguesa de Enfermeiros de Reabilitação, Pulmonale, MYOS e Ares do PInhal.