Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade e o uso de cookies ACEITAR

Andrius Varanavičius é o novo diretor geral da Takeda Ibéria

  • A colaboração entre os profissionais de saúde, os laboratórios e as diferentes administrações é essencial para se satisfazerem as necessidades médicas urgentes dos doentes, num momento em que a sua segurança é fundamental

Andrius Varanavičius foi nomeado diretor geral da Takeda para a região da Ibéria. O recém-nomeado Diretor-Geral sucede a Stefanie Granado, num momento em que a empresa está entre as 10 primeiras biofarmacêuticas internacionais após a integração da Shire e em que a segurança dos doentes e colaboradores é crucial devido à crise por Covid-19. Varanavičius tem uma vasta experiência no setor biofarmacêutico e chega à Takeda Espanha depois de ter ocupado na empresa o cargo de Diretor Financeiro para a Europa e Canadá durante dois anos e meio.

“Assumo a Takeda Ibéria num momento especial, marcado pela pandemia da Covid-19, mas em que os nossos compromissos com os doentes, com os nossos colaboradores e com a inovação continuam intactos e são mais fortes do que nunca”, garantiu Andrius Varanavičius. “Na região da Ibéria, queremos continuar a proporcionar novos tratamentos inovadores para respondermos às necessidades não satisfeitas e urgentes dos doentes. Neste momento, em que a pandemia perdura e a segurança é fundamental, é especialmente importante a colaboração ativa entre todos os agentes que fazem parte do Serviço Nacional de Saúde, como os profissionais de saúde, os laboratórios e as diferentes administrações”, acrescentou o novo diretor-geral da Takeda Ibéria.

Antes de entrar na Takeda, Andrius Varanavičius trabalhou na Glaxosmithkline, onde ocupou o cargo de diretor financeiro da divisão farmacêutica na Alemanha. Durante este tempo, supervisionou a integração do negócio de Consumer Healthcare da Novartis, a dotação de recursos para os principais lançamentos e os acordos de desenvolvimento de negócios, e impulsionou programas de eficiência operacional para garantir que a Alemanha fosse o maior mercado da Europa. Varanavičius também fez parte do Conselho de Supervisão e foi membro do Comité de Auditoria da Klaipėdos Nafta AB. Antes disso, desempenhou vários cargos na Europa e viveu no Reino Unido, Portugal, Grécia e República Checa.

De nacionalidade lituana, Varanavičius é licenciado com distinção em Negócios Internacionais com especialidade em Finanças pela Universidade Internacional Concordia da Estónia.

Sobre a Takeda:

A Takeda é uma empresa biofarmacêutica líder mundial, sediada no Japão, baseada em valores e orientada para a I&D. A Takeda em Portugal foca os seus esforços em quatro áreas terapêuticas: Oncologia, Gastrenterologia, Hemofilia & Plasma e Doenças Raras Genéticas. Também investimos em I&D direcionada para Neurociências e Vacinas. Estamos focados em desenvolver terapêuticas altamente inovadoras que façam a diferença na vida das pessoas, superando fronteiras com novas opções terapêuticas e impulsionando o nosso forte sistema colaborativo de I&D e competências para criar um pipeline robusto e diversificado. Os nossos colaboradores estão empenhados em melhorar a qualidade de vida dos doentes e em trabalhar com os nossos parceiros nos cuidados de saúde em aproximadamente 80 países e regiões. Para mais informação, visite www.takeda.pt