Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade e o uso de cookies ACEITAR
Terça, 20 de Julho de 2021

FCT NOVA e NOVA Medical School anunciam o primeiro curso de impressão 3D para o sector da saúde em Portugal

A NOVA School of Science and Technology | FCT NOVA, anuncia o curso inovador ‘Impressão 3D para a Saúde: do problema à solução’, em parceria com a NOVA Medical School, a FCT FabLab, e com apoio da empresa FAN3D. O curso presencial de quatro dias é uma resposta a um dos segmentos de inovação e especialidade que mais cresce no setor da saúde, a impressão 3D, e destina-se a todos os profissionais de saúde que na sua atividade recorrem cada vez mais ao fabrico aditivo, nomeadamente ortopedistas, neurocirurgiões ou fisiatras, entre outros.

As inscrições para a primeira edição de ‘Impressão 3D para a Saúde: do problema à solução’ estão abertas e o curso começa no próximo dia 30 de setembro.

‘Impressão 3D para a Saúde: do problema à solução’ é um curso essencialmente prático, com o objetivo de acompanhar todos os passos de uma impressão 3D, desde a recolha de dados até ao desenvolvimento do modelo, sem esquecer a preparação do modelo para impressão e pós processamento. Durante o curso, os alunos terão aulas práticas no FCT FabLab e terão oportunidade, durante a fase de desenvolvimento de projeto, de executar uma peça 3D adequada à sua área de especialidade.

Os avanços na impressão 3D na saúde estão a captar a atenção no campo dos cuidados de saúde graças ao seu potencial para melhorar o tratamento de inúmeras situações médicas e permitir o desenvolvimento de soluções de acordo com as necessidades clínicas e funcionais de cada doente. O curso ‘Impressão 3D para a Saúde: do problema à solução’ demonstra, através de diferentes exemplos de casos, como esta tecnologia pode ser adaptada a cada paciente e está na linha da frente da inovação. A utilização desta tecnologia para rapidamente converter informação digital em objetos físicos, aumentará a sua utilização e adaptação em novas aplicações de cuidados de saúde. Entre as áreas que estão neste momento a usar a impressão 3D, destaca-se a reabilitação, a reumatologia, a cirurgia ortopédica e a odontologia.

Durante os quatro dias de formação, será possível: entender as técnicas e os princípios deste tipo de impressão, aprender a manipular os ficheiros que servem como ponto de partida, escolher a forma de impressão 3D mais adequada para cada criação, entre outras competências.

O curso conta com a coordenação de vários professores e investigadores de ambas as faculdades, entre os quais, a professora e investigadora da NOVA School of Science and Technology | FCT NOVA, Cláudia Quaresma, e a professora Helena Canhão, da NOVA Medical School. A participação no curso tem o custo de 980 euros.

Mais informações:

https://execed.fct.unl.pt/innovation_technolog/3d-printing-for-healtcare/