Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade e o uso de cookies ACEITAR

Quarta, 06 de Janeiro de 2021

Implantes mamários: mudanças e tendências

Os implantes mamários continuam a ser um dos procedimentos mais procurados no que se refere à cirurgia plástica. Mas a tendência tem mudado ao longo dos anos e hoje em dia o objetivo é ter a aparência mais natural possível, de acordo com a forma, altura e largura dos ombros da paciente.

Como refere Luiz Toledo, cirurgião plástico, “ao longo dos anos descobri que o tamanho do implante mamário variava de acordo com o País. Por exemplo, há mais de 20 anos, as mulheres brasileiras preferiam seios menores e nádegas maiores. Os implantes que eu usava na altura eram de 90-160 cc o que, pelos padrões de hoje, é considerado muito pequeno. Já as pacientes do Texas, por outro lado, na altura pediam implantes de 500 cc. Hoje em dia não há uma diferença tão grande de gostos e geralmente um implante de 250-350cc é considerado de tamanho médio”.

A forma da paciente, a altura e a largura dos ombros, a quantidade de tecido mamário existente e o diâmetro da parede torácica devem ser levados em consideração ao escolher o tamanho do implante. Os tamanhos mais populares são de 250-350 cc mas existem também vários perfis de implantes e isso também determina a projeção dos mesmos. Existem implantes de perfil baixo, moderado e alto mas os mais populares são os moderados, os que proporcionam uma projeção natural, e os de alto perfil, que proporcionam um resultados mais “redondo”.

Os implantes de soro fisiológico já não são tão usados nos dias que correm, são normalmente utilizados implantes de silicone de gel coesivo, e são também mais utilizados implantes lisos em vez dos de cápsula rugosa o que, como refere Luiz Toledo, “não deve mudar muito nos próximos anos. Houve um tempo em que os implantes muito grandes eram populares mas hoje em dia as nossas pacientes estão mais interessadas em ter uma aparência natural. Este é um procedimento fantástico já que deixa uma pequena cicatriz, com o maior índice de satisfação e o menor número de complicações”.